segunda-feira, 3 de abril de 2017

Agora vai! Organização de biblioteca já!


biblioteca rudi
Escrevo agora pra você  que adora livros e tem uma montanha deles em sua casa. Tem tantos que não consegue mais encontrar um livro quando procura. Tem tantos que esquece que já comprou este ou aquele título e compra duas vezes o mesmo título. Tem livros antigos que quer restaurar. Ao mesmo tempo você tem curiosidade de saber afinal quantos livros você tem, só que não tem tempo para contar e nem quer começar para não deixar algo inacabado. Você quer ter controle dos seus livros, quer saber quantos e quais tem e de que assuntos. Para você tenho uma proposta bem legal, de um projeto personalizado para sua biblioteca. Para mostrar como você pode ter seu acervo organizadinho e de uma forma personalizada preciso que deixe aqui seu e-mail e numero de telefone de contato nos comentários. Eu entro em contato e conversamos sobre qual o melhor projeto para sua residência ou biblioteca institucional. Algo simples, prático e rápido na hora de você procurar e enco12625854_10208394220712007_580550141_nntrar um livro. Vamos lá, deixe seu contato ou ligue para 11-26903490  ou zap 11-951615881.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Em Busca de um Sonho - Walcyr Carrasco

Em Busca de um Sonho - Walcyr Carrasco - Vendi este livro hoje - Abri só por curiosidade e dei uma olhada rápida no conteúdo. Se tivesse visto o conteúdo antes, teria lido antes de vender... Ví uns titulos de capitulos e comecei a me interessar e fui lendo mais. No capitulo que li, ele, o autor, simplesmente decide ir com um amigo a pé para os EUA. O patrão achou loucura mas deu a demissão porque disse a ele"Meu filho, isto é loucura mas é coisa que se faz uma vez na vida". ...Os pais quase tiveram um treco, mas acharam que ele voltaria com o rabo entre as pernas assim que passasse um perrengue. Só que não. Ele conta que chegou nos EUA e como chegou lá. Dependeu da bondade de muitas pessoas pelo caminho. Conta em especial quando perguntou o preço de umas maçãs para uma senhora gorda que vendia maçãs numa feira não me lembro se na bolivia ou num outro pais latino americano. Quando ela falou o preço, ele se afastou agradecendo e dizendo que não tinha o suficiente. Ela olhou bem fundo pra ele e disse "Corre-lo". ele disse, No no tiengo moneda. Ela riu e disse. Yo lo se, corre-lo tonto, yo se que tiene ambre. Ele escreve que nunca esqueceu o rosto daquela mulher. Conta outros episódios bem legais também. Ele deu aulas de português para uma cega nos EUA para ganhar uns trocados. Teve que usar o nome de um amigo para poder receber o pagamento. Ele tinha que ler pra ela e por sorte, sabia muito de literatura, então apresentava á sua aluna cega os personagens dos livros com os quais estava super acostumado, ja que ela estudava literatura brasileiros. Ao fim ela tirou uma super nota nos exames e agradeceu muito a ele. Achei um texto simples e gostoso de ler. Para quem se empolgou, deve estar baratinho na estante virtual. Vi muita semelhança com minhas aventuras em Londres quando ainda jovem. Também senti-me sozinho no mundão sem fim e vi a bondade de Deus em muitas pessoas desconhecidas. A gente vai esperando o pior das pessoas, mas encontra muita gente boa pelo caminho. As más? Não me lembro de uma delas e nem o autor do livro se lembrou.